Submarino.com.br
Marco Weissheimer Rotating Header Image

Manifestantes protestam durante homenagem a Médici: “Bagé pede desculpas ao Brasil”

Um grupo de estudantes, professores, artistas, jornalistas e de outras categorias de trabalhadores promoveu um ato público dia 11 de abril, em Bagé, para homenagear a memória dos desaparecidos, torturados e mortos pela ditadura militar. A manifestação ocorreu na mesma hora em que era lançado no Clube Comercial o livro “Médici, a verdadeira história”, de autoria dos coronéis reformados Claudio Heráclito Souto e Amadeu Deiro Gonzalez. Carregando faixas e cartazes com fotos de desaparecidos e mortos pela ditadura, os manifestantes distribuíram panfletos para os participantes da homenagem ao ditador Médici, que é natural do município. “Bagé pede desculpas ao Brasil”, dizia um dos cartazes.

Um dos organizadores da homenagem foi para a calçada e “mandou” um policial militar permanecer ali para “garantir a segurança” de seus convidados. Não houve nenhum incidente de violência, só o constrangimento e a irritação visível na face de alguns dos admiradores do militar. Ao som de músicas de Tom Zé e Geraldo Vandré, os manifestantes leram o nome de todas as pessoas assassinadas durante o período em que Médici foi ditador do Brasil. E garantiram que estarão em qualquer futura manifestação que pretenda homenagear líderes da ditadura. O vídeo da manifestação é uma produção de Maria Bonita Comunicação.

12 Comentários on “Manifestantes protestam durante homenagem a Médici: “Bagé pede desculpas ao Brasil””

  1. #1 Ary
    on Apr 15th, 2012 at 9:18 am

    Bagé não precisa pedir desculpas. Um simples gesto seria suficiente: por pressão popular, rebatizar com nome de mortos e desaparecidos os endereços desses coronéis, por exemplo.

  2. #2 Gerolimich - Rio
    on Apr 15th, 2012 at 9:42 am

    Os Bageenses estão de parabéns. Gauchos na vanguarda na Nação.

  3. #3 Marilia
    on Apr 15th, 2012 at 11:19 am

    FInalmente a população se mobiliza para protestar contra essa gentalha! Cadeia em todos os torturadores e cúmplices dos crimes cometidos pela ditadura! AInda bem que tem gente decente em Bagé e em todo o Brasil.

  4. #4 Remindo Sauim
    on Apr 15th, 2012 at 3:29 pm

    A casa caiu.
    A frase mais escutada na Veja começa a ecoar por outras redações em efeito dominó. Todos se perguntam a mesma coisa “como é que fica nossa respeitabilidade. Escafedeu-se e só existe uma solução, faxina na mídia nacional.

    Os donos na verdade foram pegos na mentira.
    Qual empresário vai anunciar numa revista que engana seus leitores. Que leitores se sujeitam a serem enganados por mais de uma década. Durante o golpe de 64 se aliaram a torturadores e assassinos, tinham a desculpa de estarem sobre o tacão da ditadura. E agora, qual é a desculpa para novamente se associarem a criminosos.

    Os grampeados até agora
    Demóstenes Torres, senador do DEM
    Carlos Alberto Leréia, deputado federal do PSDB
    Marconi Ferreira Perillo Júnior, governador de Goiás, PSDB
    Policarpo Júnior, diretor da Veja
    João Unes, diretor de A Redação em Goiás
    Renato Alves, repórter do Correio Braziliense
    Kajuru, jornalista de Goiás
    Programa Fantástico da Globo
    Renato Alves, jornalista do Correio Braziliense
    Diário da Manhã, jornal de Giânia

    Quem será o próximo?

  5. #5 Elisabete Otero
    on Apr 15th, 2012 at 3:41 pm

    Marco, muito obrigada por mais esta boa notícia,não pensei que viveria para ver manifestações como esta, que este país continuaria igual ao 64 a 85.

  6. #6 Brito
    on Apr 15th, 2012 at 6:52 pm

    Bagé está sendo oxigenada pela chegada de estudantes e profesores universitários de todo o estado em função da Unipampa. Se não fosse isso, haveria foguetes em homenagem ao ditador pampeano!

  7. #7 Ary
    on Apr 15th, 2012 at 7:01 pm

    Prezado Remindo, comungo com a tua indignação, mas você sabe quem anuncia e vai continuar anunciando na Veja? Eu digo: Banco do Brasil, Petrobrás, Caixa Econômica Federal, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, Embrapa… Fora as figuras ilustres que, com suas entrevistas acabam por legitimar a “Rainha da Imprensa Trapeira”. Tô certo ou tô errado?

  8. #8 pampas
    on Apr 15th, 2012 at 11:11 pm

    Que espetáculo!!
    Que belo exemplo de democracia.
    Pela punição dos criminosos de farda.

  9. #9 Armando do Prado
    on Apr 16th, 2012 at 4:50 pm

    Bravo aos que lutam pela verdade em Bagé. Em 1970, com apenas 16 anos, eu estava preso num quartel do exército em Itu-SP, sendo torturado e ameaçado de não sair vivo em plena ditadura desse fascita de triste memória.
    É preciso termos a verdade e, também, punição aos que nos deram agonia e sofrimento.

  10. #10 Luís Gomes
    on Apr 21st, 2012 at 11:50 pm

    Bravo, bravo, bravo!!!

  11. #11 mario m. anabuki
    on Apr 24th, 2012 at 4:40 pm

    Não poderia deixar de expressar. Poesia pura. Assim como vcs de Bagé, o Brasil deveria seguir o mesmo caminho.
    Parabéns
    mario

  12. #12 flavio
    on May 8th, 2012 at 4:33 pm

    que maravilha parabéns pessoal, e pensar que morei aí em Bagé nos anos 70 Area de segurança nacional, onde eles podiam fazer tudo e nós nem carregar livros de esquerda nos braços,,,se não ia parar na federal….

Deixe um comentário